PARASITA
ANA RITA TEODORO

Mestra em “Dança, Criação e Performance” pelo CNDC de Angers e a Universidade Paris 8 (2011/2013), desenvolveu como pesquisa a criação de uma “Anatomia Delirante”.

Em 2002 foi aluna do Curso de Pesquisa e Criação Coreográfica do Fórum Dança e em 2015 do curso de Corografia organizado pela Fundação Calouste Gulbenkian. Participa nas atividades de investigação do c.e.m. onde inicia o estudo do corpo via a anatomia experiencial, a filosofia e o cruzamento multidisciplinar, com Sofia Neuparth, entre outros. Em 2007/2010 fez o Curso de Instrutores de Chi Kung, da Escola de Medicina Tradicional Chinesa de Lisboa.

O butoh de Tatsumi Hijikata tem sido uma das suas áreas de maior investimento artístico. Desde 2007 participa em diferentes workshops liderados por artistas e pesquisadores como: Tadashi Endo, Sankai Juko, Torifune, Akira Kasai, Min Tanaka, Yoshito Ohno, Patrick De Vos e Christine Greiner. Em 2015 recebe a Bolsa de Aperfeiçoamento Artístico da Fundação Calouste Gulbenkian para estudar com Yoshito Ohno no Japão e em 2016, desenvolve uma pesquisa em torno da prática do Butoh com o apoio do Centre National de la Danse, CN D (Pantin), Aide à la recherche et au patrimoine en danse.

Desde 2009 Ana Rita Teodoro criou as seguintes coreografias a solo - MelTe (2009), Curva (2010), e ASSOMBRO (2014-15) e as peças que constituem a coleção Delirar a Anatomia: Orifice Paradise (2012), Sonho d’Intestino (2013), Palco e Pavilhão (2017). Os seus trabalhos já foram apresentados na Aústria (MUMOK e 8:tension Festival Impulstanz em Viena), na Alemanha (Volksbüne em Berlim), em França (Théâtre de la Cité International, Palais de Tokyo, CN D em Paris, no Théâtre de Vanves em Vanves, Festival DãnsFabrik—Le Quartz em Brest) em Portugal (Culturgest em Lisboa, Materiais Diversos em Minde, Teatro Sá da Bandeira em Santarém, Festival DDD no Porto). Trabalha em diversos projetos pontuais com artistas como Sofia Neuparth, Márcia Lança, Laurent Pichaud, João dos Santos Martins e Marcela Santander Corvalàn.

É artista associada do Centre National de la Danse, CN D (Pantin) desde 2017.



@ Didier Olivré/ Thibault Montamat./ Le Quartz